Menu e Textos Alma das Flores
Banner

Cadastre-se e receba newsletter

    

relojes web gratis

 

 

Num determinado momento do aqui e agora: a distinção entre o existente na nossa realidade; o possível de existir, caso se faça isto ou aquilo outro; e o inexistente. Saudável percepção, sem ilusões, inverdades e sofrimentos vãos. Uma verdade existencial: a realidade é mutável, impermanente, e depende de inúmeros fatores. O que não pode faltar em um caminho escolhido: amor e amor próprio.

 

  
 


 

 

 

Plutão em Capricórnio no Ascendente em trígono com a Vênus favorecem as transformações positivas na estética. Pode ser baseado em exercícios físicos, visto que estamos passando pelas Olimpíadas. Provavelmente mais pessoas ficam interessadas atividades físicas as mais varidas, academias, natação, lutas, ginásticas, danças, etc. Além de procedimentos estéticos. A honra e a reputação nacional ficam bem no que se refere às Olimpíadas, à diplomacia e à beleza na receptividade, incluindo o transcorrer dos jogos. Por outro lado não deixa-se de perceber e enfatizar a corrupção do governo e a trasformação súbida do poder. Esse assunto de grande importância para o país acontece em paralelo aos jogos.

Leia mais...

(10/08/2016)

Sol em Leão em conjunção à Lua também no signo de Leão. Sol rege os esportes, o caráter nacional e grandes eventos no país. O Ascendente em Aquário, além do movimento em prol da fraternidade mundial dos jogos olímpicos, continua o assunto em torno do Congresso Nacional, os deputados e o Senado Federal, a presidência da República e as reformas políticas.  

Compreendemos, quando acontece a Lua Nova, mesmo ao se mudar para as subsequentes luas nas demais fases, a Lua Nova contém a semente do desmembramento de todas as fases posteriores.

Leia mais 

(02/08/2016)
 

 

O dia 29 de agosto de 2015 é um dia auspicioso e está marcando a primeira das três superluas visíveis de 2015. Nesse dia nosso satélite natural está em sua fase cheia, com o disco inteiramente iluminado pelo Sol. A Lua deve parecer um pouco maior e mais brilhante no céu, já que atinge o ponto de sua órbita em que está mais próxima da Terra, o perigeu. O Sol está no signo de Virgem e, portanto, a Lua Cheia está em grande evidência e plenitude no signo de Peixes, tratando-se de uma superlua. Trouxe esse tema de reflexão astrológica para quem conheça ou não Astrologia e os seis pares opostos e complementares da mandala astrológica.  Vamos aqui abordar o eixo Virgem-Peixes. 

É um ótimo momento para darmos voz às percepções intuitivas que surgirem, quando predispomos os ouvidos e os olhos com receptividade e atenção para escutar com os ouvidos de ouvir, ver com os olhos de ver: a nós mesmos intimamente, às pessoas socialmente, as notícias, e às situações apresentadas, sem, contudo, nos prendermos às tantas variáveis ou aos pré-conceitos já configurados numa dada estrutura “pronta” pelos padrões usuais individuais ou coletivos de pensamento e comportamento.    Ler mais....

 

(29/08/2015)
 

Pergunto: O que faz o indivíduo quando se percebe diante das energias da Terra e do Céu?

Ler mais...

(01/06/2015)

 

Ninguém pode libertá-lo, pois ninguém o prendeu.

O falcão é perseguido pelos corvos enquanto carrega o peixe em seu bico. Ele muda de direção, e gira no céu, tentando se desviar dos corvos, que procuram agarrar o peixe. Finalmente, ele deixa cair o peixe. Neste momento o falcão está livre, mas ainda não sabe disso.

Ler mais...

(18/05/2015)
 

Entre a vida e a morte, entre a morte e a vida, quando a energia vital latente se esgota, ocorre a morte; quando se enche de energia vital, o nascimento acontece.

Por meio da energia vital do amor é possível apreciar os vários reflexos decorrentes e advindos do nosso interior – outras formas latentes de energias presentes.

Ler mais...

(11/05/2015)

É possível criar espaços na mente e no coração e colocar o que não estava sendo valorizado e nem requisitado. Esses espaços são advindos do elemento Éter. Quando há ódio e inveja, estamos sendo indiferentes a um tanto de questões fora como dentro da gente. A gente não valoriza a si mesmo. A gente prefere não se dar conta do pior ou do melhor em tudo que há. Acostumamos como sempre foi. Nós nos acomodamos. A gente nem sabe o que grita. A gente ama e nem sabe disso.

A mandala da liberdade ela contém o amor que nem sabe disso.

A mandala da liberdade ela contém a expansão para além dos limites auto-impostos, agradáveis, desagradáveis, ou impositivos aos outros.

A mandala da liberdade ela geralmente não é toda conhecida e por isso a gente fere e se fere, querendo ou não.

A mandala da liberdade ela possui lados opostos e todos se unem ao redor do centro, onde Deus irradia amor, sabedoria e felicidade para todos os seres. Ela junta e rejunta. Separa e repara. Cada qual no seu lugar.

Ler mais... 

(29/04/2015)
 

A gente pode observar a beleza em gestos, nas palavras que verberam em círculos ou numa fruta que salta no lago. A brisa fresca indica o sentido que nos é dado perceber agora. Já o rio nunca para de ir adiante, enquanto as pedras, algumas móveis e outras imóveis, são contornadas há anos pela enorme força das águas e seus pingos. As pedras ficam firmes ou rolam por sua vez. A erosão as faz curvilíneas, alisando as pedras mais resistentes. A chuva preenche os reservatórios e a água transparente abastece as casas para alimento e higiene. As crianças brincam nas ondas e estudam arquitetura na areia da praia, sem se importarem com o amanhã, quando não estarão mais ali. As árvores e as flores colorem os caminhos. Tudo lhe preenche de beleza interior. Tudo lhe esvazia o desnecessário até sair de dentro o que não lhe servia mesmo. Há uma razão e uma ordem para tudo que quer manifestar-se. Deus está imanente em toda criação. A gente escolhe o que está fora, o que permanece dentro, e o que está em tudo e é o amor a permear. Nele se encontram as respostas para as nossas profundas indagações. Como tirar de dentro de si e o que receber?

Última atualização: noite de 28/09/2014

Ler mais...

(28/09/2014)

Rosana - Hoje em dia, mais do que em épocas do passado, o mundo tem sido cada vez mais transitório e impermanente por todos os lados. As mudanças são mais rápidas do que a vontade individual de mudar as circunstâncias ao redor. Por outro lado, quando as mudanças são procuradas, elas podem não acontecer como se gostaria.

A permanência é um dos maiores desafios da atualidade. Tudo passa, mas o que fica por realmente ser bom, agradável, produtivo, existente e possível? É uma qualidade saber preservar, manter, respeitar, nutrir, amparar, acolher, desenvolver, amar e deixar florescer onde as flores nascem. Não é qualquer pessoa que mantém no coração tais virtudes. 

Qual é a utilidade do amor se não for compartilhado com cada ser da criação?

Mesmo os insetos possuem coração, união com Deus Mãe e Pai, e senso de gratidão. Sabia?

Ler mais...

 

 

(23/09/2014)
 

Um vídeo budista muito bom, sincero e descontraído sobre o amor e os relacionamentos. A importância do amor na prática da espiritualidade e as contradições do budismo; a importância de se apaixonar e perder o controle onde antes eram certezas; a reviravolta provocada pelo estado de apaixonamento inesperado; se acontecer ter confiança e deixar o sentimento, não ter medo de relacionamento (correto); o aprendizado naquilo que nos apaixona no outro; as falhas e o trágico no amor; a comunicação nas relações; as condições atuais que nos governam na modernidade; as incertezas, as expectativas e o sofrimento; a não necessidade de ser agradável e agraciado; a impermanência em tudo que há; a dependência do outro ou a liberdade de deixar ser; dar libertação e liberdade no sentido espiritual a todos os seres sencientes; a apreciação amorosa e a felicidade; a beleza da temporariedade; a passagem das encarnações, a morte e as experiências anteriores. 

Um hora e quinze que passam bem rápido. É sempre interessante ouvir um monge tibetano quando ele fala de amor e relacionamento. A gente se vê nas situações, mas ao mesmo tempo de uma perspectiva observadora. Há um espaço para a liberdade de compreensão e de autopercepção.  

Ler mais...

 

(18/09/2014)

“O amor é o fator mais importante na vida. Se você orar a Deus com amor e devoção intensa, suas preces certamente serão respondidas. Tal é o poder do amor. Desprovido de amor, não se pode conseguir coisa alguma, mesmo neste mundo mundano. O amor é Deus, viva em amor! Todo o universo torna-se um vácuo sem amor. Perceba essa verdade! Não há poder maior do que a humanidade neste mundo. Tudo o que experimentamos no mundo exterior é apenas uma reação, reflexão e ressonância do ser interior. Deixe que a chama do seu amor seja firme e inabalável. Não há maior sadhana (prática espiritual) que o amor. Essa é a prática espiritual que você deve adotar em todos os momentos. A Divindade é onipresente. Pratique o Amor Divino para que você possa perceber a divindade onipresente dentro do seu próprio ser.”

Sathya Sai Baba 

Veio um texto. Ler mais...

Última atualização: 15/09/2014

(14/09/2014)
 

Mãe cria mundo de fantasia para ajudar filha

superar deficiência

Ensaio fotográfico faz menina, que nasceu sem a mão esquerda, desabrochar para a vida. 

 

Sensível e puro o amor dessa mãe por sua filhinha do coração. É de fazer a gente chorar. Difícil ter noticias assim. Deveria haver mais para embalar o nosso coração com esse amor d'alma. Emocionante nas belas imagens dessa mãe inspirada.

Ler mais...

(12/09/2014)

Agradecer intimamente às pessoas agradáveis e às desagradáveis pelas oportunidades de desenvolvimento e de expressão da compaixão a todos os seres. Sem elas não seria possível passar por essa etapa do caminho: a paciência. Não é preciso dificultar as circunstâncias, porque certamente ocorrem em algum momento ou outro, mas aceitá-las, contornando-as, quando necessário, mantendo o equilíbrio e a serenidade em todos os acontecimentos "teste". A nossa felicidade não precisa ficar submetida às circunstâncias favoráveis ou desfavoráveis: Somos a felicidade. Ela reside perene dentro da gente. Não somos o subproduto da felicidade alheia. Somos a expressão da felicidade e da amizade, e por esta simples razão atraímos seres que pensam e sentem felicidade por natureza intrínseca. Que todos os seres sejam felizes, incluindo a nós mesmos, descobrindo as pétalas das verdadeiras causas da felicidade e da alegria, e as expresse em seguida por essência única e destino, florescendo harmonioso jardim.

(10/09/2014)
 

Rosana - O Dharma é a missão de cada ser, específica e de acordo à própria natureza individual essencial. A retidão do caminho individual. 

 
Rosana - O que está em meu caminho compartilhar espiritualmente como mulher? Vale o estudo e a improvisação, mesmo não sendo esposa ou namorada, certamente mulher por nascimento e destino nesta vida, em todos os momentos. Se namorada e esposa fosse com alegria e amor, compartilharia desse estudo, por exemplo, e naturalmente faria as observações que pudessem interagir com carinho, experiências, conteúdo e ideias. Que se faça útil e interessante para quem venha a ler essas linhas. Sai Baba foi e tem sido meu Pai Espiritual, portanto com Ele sigo a minha linha, a senda. Se estou sozinha a tanto tempo, o que significa ser mulher, seja qual for a época ou a fase da vida? Boa pergunta, considero, para a resposta de Om Iluminado. 
 
 
Ler mais...
(26/08/2014)

"Por mais duro que alguém seja, derreterá no fogo do amor.

 Se não derreter, é porque o fogo não é bastante forte."

(Mahatma Gandhi)

Ler mais...

 

(10/07/2014)
 

 

Ocean Song

Official Music Video

Album "Key of Dreams"

Piano... Netuno...

 

 

 

(29/06/2014)

 

Vênus, Mãe de Cupido, aprendemos as qualidades de persistência e autoconfiança, a determinação e a resistência do amor fiel e seguro baseado na credibilidade, na moral, e na atratividade. Na amizade a capacidade de reconhecer os próprios valores, acertos e erros, assim como fazer o dinheiro circular e o bem maior, a beleza sem igual. A busca na durabilidade das situações sabe fazer esperar o tempo certo para cada situação e circunstâncias favoráveis do comprometimento e cumplicidade. Tranquilidade, quando em atividade habitual e rotineira, sendo fortíssima a ligação com o Elemento Terra, fixo e enraizado nas criações por si estruturadas e concretizadas para permanecerem 'ad eternum'. Fazer é mais importante que o simples ter, e por este motivo, desapego quase total do ter, baseando-se no necessário ao aprendizado prático, apreciando o conforto merecido, a serenidade das formas e o bom desempenho pelo trabalho sério, oportuno e bastante legal.

Ler mais...

(20/04/2014)
 

Amor imerso
Imensidão é de coragem
Coração alegria
Maya atormenta se não libertamos
Família é o sino


Ler mais...

(19/04/2014)

Mapa astrológico do nascer do dia...
A interpretação diária sob o ponto de vista espiritual!

Para você na sua cidade onde reside, ou você onde passará o seu dia.
O horóscopo de Atenas para você, a sua família, a sua escola e o seu trabalho.

Nenhum dia precisa ser igual ao outro, se condicional,

Quando se inicia o dia com o coração e o Sol.

Um ótimo dia alvorecer!

Na mandala astrológica de 360° (graus), o Sol percorre 1° (um grau) por dia, enquanto o Ascendente anda 1° a cada 4 minutos. Planeje o seu horóscopo pessoal na sua cidade onde reside, ou naquela onde passará o seu dia.  

Ler mais...

 

(28/03/2014)
 

Mulheres de Antenas
Atenas, filhas de Zeus
ARCANO XI, A FORÇA!
Corpo e Raça
É De ATENAS a Tocha de Fogo!

The must of Divine Games!
Mulheres de Antenas
Atenas
Filha de Zeus
ARCANO XI, A FORÇA
Oito pode ser Infinito, o Universo - ou não. Depende como um Cosmos se fez e ainda se faz em você, indivíduo I, O Mago, no percurso tempo o Cosmos, pois pois.
Grécia, 2.500 a.C, aproximadamente.
Aqui se faz, aqui se age, e aqui se colhem recolhidos todos nós
Os frutos da Terra sementeira dos Budas
A Roda Cíclica da Vida
A verdadeira História do Arcano XI do Tarô
Atenas, filha de Zeus e o Fogo da Tocha Olímpica!
Atena (no grego ático: Αθηνά, transl. Athēnā ou Aθηναία, Athēnaia; também conhecida como Palas Atena (Παλλάς Αθηνά). 

 

Ler mais...

 

(25/03/2014)

O presente trabalho ressalta e mantém a posição exata de ingresso do SOL A ZERO GRAUS, ZERO MINUTOS E ZERO SEGUNDOS DO SIGNO DE ÁRIES como ferramenta de estudo, enquanto ano novo astrológico, seja qual for o ano, inspirado nos CAVALOS DE FOGO da CARRUAGEM de Lord Krishna: O CARRO VII DE KRISHNA.

Por que este horário e dia de ano novo astrológico aqui apresentado no presente trabalho de pesquisa não coincide com o mapa astrológico convencional dos atrólogos ATUAIS? Por que o atraso do relógio de ano-novo astrológico?

Vamos seguir na leitura espiritual, desvendando um importante e significativo enigma do tempo?

Por que este conhecimento fundamental tornou-se um elo perdido?

Conheça astrologia a fundo no que ela realmente propõe para nós!

Abordemos o tema de maneira correta e acertada nos cálculos matemáticos, inclusive, espiritualmente falando.

Então, leia mais esta pesquisa... 

 

(22/03/2014)
 

 

EQUINÓCIO DE OUTONO NO HEMISFÉRIO SUL com o ingresso do SOL NO SIGNO DE ÁRIES, às 13:57 em Curitiba, onde resido, o aqui e agora atual lugar, latitude e longitude. FELIZ ANO NOVO ASTROLÓGICO!!! 20/03/2014

Gratidão à vida, às alegrias e à saúde de todos os seres e suas famílias.
Respiração tranquila e harmoniosa. Sorriso na face, luminosa do seu jeito maroto. Motivação para pensar com a Cabeça do Dragão, decidir e agir a superação agradável a cada dia que passa, passando a gente a limpo, quando a gente menos espera. Não sobra, a começar por mim. A igualdade dos aprendizes.

Ler mais...

 

(20/03/2014)

 

A Lua é sempre cheia, contudo o único satélite da Terra não tem luz própria. Na Lua Cheia o Sol incide a sua luz na face da Lua voltada para a Terra, quando ela, então, para nós os observadores se torna uma esfera iluminada, em especial como na noite de véspera à tarde de hoje, ainda crescente; e na sua primeira noite de Lua Cheia, ao anoitecer. Na Lua Cheia a Lua está em oposição ao Sol, num ângulo Sol – Terra – Lua de 180°, em graus opostos. Sol em Peixes e Lua em Virgem no mesmo grau, em signos opostos e complementares no dia 16 de março de 2014. O Sol irradia a sua luz verticalmente sobre a Lua.

A Lua Cheia, além de servir de material de estudo à astrologia, ela em nossa cultura é representada no folclore brasileiro. Para efeito de elucidar, se for o caso, para um determinado tempo, lugar, circunstância ou individualidade, é possível contextualizar um sistema de símbolos, exemplificando-o.

Ler mais...

(16/03/2014)
 

 

Ler mais...

(28/02/2014)

 
A necessidade e a vontade de superar desafios saudáveis e problemas circunstanciais aflitivos podem vir a estimular a consciência, quando se permite um olhar diferenciado e complementar. Até determinado momento experimentamos a consciência segundo uma ordem que enfatiza aspectos perspectivos de observação, regulada por condicionamento individual, familiar, sócio-cultural, espiritual e kármico.
 
Ler mais...

 

 

(03/02/2014)
 

O tronco no tempo
Lugar de Origem
As suas raízes.

Cresceu.
O vento só passa prá lá e prá cá,
Digo as folhas.

Daquele Amor concentrado
A Árvore incondicional.

Tronco quieto...
Meditativo...
Firme era para ser
Ninguém duvida,
Qual você!
Quase imóvel!
Longo tempo só aguarda.
A guarda, digo, a Árvore protegida.

Ler mais...

(01/02/2014)

Se um dia, sem mais e nem menos, você explodir seu conteúdo interior e suas inumeráveis qualidades, aptidões, talentos, pontos de vista, desafios, lampejos, acertos e erros, metas alcançadas e a caminho, responsabilidades, incoerências, dúvidas, mazelas, atrocidades, sucessos, fracassos, esperanças, ignorâncias, paixões, ilusões, luzes, sombras, e gratas surpresas; se forem por motivos maiores do que você, conta da sua experiência. Já passei por isso um dia. Você vai chorar e rir muito ao mesmo tempo, inclusive por razões agora completamente desconhecidas para você (a,o). 

De dentro vai aflorar um manancial criativo. As nem boas e nem más tendências, o simples existente a ser pensado até aonde vai a razão mais dados e fatos, parecerão algumas sem sentido, a princípio, e a maioria com um sentido único para você. 

Ler mais...

 

(14/01/2014)
 

 

Entre as rosas há espinhos. Mais rosas percebemos ao vermos as rosas tal como elas parecem existir por si próprias sem nada de um eu. Os nossos referenciais confiáveis, os familiares, e você! Chamam elas a nossa vontade de apreciá-las melhor - não os seus espinhos. O perfume, a criação de Deus além de um eu. A natureza sem tirar a mais do que o correto, sem pisar, confiscar, soterrar. Apreciar. Sem rasgar a alma das flores sensíveis. Sem despetalar, matar, possuir, destruir e sem nem tempo de se refazer a natureza, conhecendo a si, expandindo a consciência de tudo que se é e se causa, as rosas.

O medo temível que vem de onde não se espera, sem saber o porque, ou de onde, era antes de conhecer a si mesmo e não de um outro qualquer: Menos eu.

Ler mais...

(14/12/2013)

AS DUALIDADES EM TUDO QUE HÁ, SIGNO DE GÊMEOS, E A BUSCA DE UM SENTIDO DE COMPLETUDE  

UMA REFLEXÃO ÀS DUALIDADES DA VIDA, REFERENTES AO SOL NO SIGNO DE GÊMEOS 

RETROSPECTIVA NO MAPA ASTROLÓGICO DA SEMANA DA LUA NOVA, A PARTIR DE 09 DE MAIO DE 2013, COM O SOL AINDA NO SIGNO DE TOURO

Ler mais...

(05/06/2013)
 

  

A semente do gostar
Enraíza o atrativo
No bom conviver
Da firme escolha
As formas se solidificam
Aparecem os atributos
Os aspectos são vistos
A olhos vistos

Tua calma
É a tua alma

Ler mais...

 

(16/04/2013)

 

Lua Nova - 10 de abril de 2013

O mapa astrológico da Lua Nova:  Quando Sol e Lua fazem conjunção exata no mesmo grau, minuto e segundo.

Dia 10/04 no signo de Áries, às 06:37 am, considerando o horário de Brasília - DF.

Nesta fase da Lua Nova em Áries, Sol, Lua, Ascendente, Vênus, Marte, Urano e Roda da Fortuna estão posicionados no signo de Áries, elemento Fogo.

Áries representa ação e impulso de agir. Marte seu regente, domiciliado em Áries, é o deus da ação, das defesas de territórios, dos combates e das guerras em prol das vontades do Sol, que dirige de acordo com a própria natureza essencial. Mercúrio, regente da comunicação, em Peixes, se apresenta receptivo e sensível. Pode-se dizer vulnerável e frágil, por um lado, com predisposição a ser mais lúcido e perceptivo pelo outro. Caso bem direcionada, esta sensibilidade na comunicação torna-se compassiva, empática, intuitiva e espiritual facilitando qualquer diálogo necessário e esclarecedor, após um conflito estabelecido, ou antes que ele ocorra, por dúvida, desconfiança e falta de interação.  O silêncio da casa12, assim como os propícios ambientes e práticas espirituais, favorecem o entendimento dos conflitos de identidades, isso indicado pelo forte posicionamento astrológico no signo de Áries.

Ler mais...

 

(14/03/2013)
 

Tanto os indivíduos quanto o mundo estão passando por rápidas mudanças e transformações. As nossas atualizações, internas e externas, são cada vez mais necessárias, sejam técnicas, científicas e tecnológicas, psíquicas, informativas, ativas e interativas, simultaneamente. As possibilidades e aternativas viáveis estão sendo alteradas e em processo de desenvolvimento. Os intercâmbios aproximam e ao mesmo tempo desafiam o nosso nível de compreensão, grau de aprendizado, e a capacidade para se relacionar de um modo dinâmico, considerando a realidade individual, seja qual for a atual, mantendo a própria essência viva. É bom.


Ler mais...

(14/02/2013)

 

"Não só de pão vive o homem, mas de toda Palavra que procede da boca de Deus" (Mateus 4,4 Jesus Cristo).

Uma única frase nos faz avaliar as nossas palavras pensadas e, por vezes, transmitidas, dia após dia.

23/02/2013
 

http://www.facebook.com/rosana.davilauchoa

(13/02/2013)
 

Observando a imagem, o que ela inspira a você, leitor(a)?

Esta é a história de um preguiçoso que movia o mundo para frente. A única coisa que ele fazia de diferente -  e útil - era pensar firme e fortemente em Deus, dedicando a maior parte do tempo, o mais que conseguia e era capaz, as suas atividades a Deus.  Não importava os acontecimentos, bons ou ruins, a chuva e o sol, o calor e o frio, suas derrotas e sucessos, tristezas e alegrias particulares, medos e coragens, os novos desafios do momento, as contrariedades alheias e seus (nossos) conflitos intermináveis, porque o preguiçoso pensava forte em Deus e em Sua Vontade, mexendo com o mundo até aonde existia para ele. Alguns o compreendiam e alguns não. Mesmo assim, o tal preguiçoso servia a seu propósito: ele pensava no bem de todos, incluindo também a felicidade pessoal. 07/02/2013

O presente também depende da FÉ.

 

Um alívio... Só flores! Alguns no plano físico dizem algo assim: "Que moleza, o trabalho do outro, a vida do outro". Contudo, nas profundezas da alma espiritual, nada há para ser perdido, obtido por méritos individuais, e nem recebido a mais desta atual existência, mesmo quando algo assim também possa acontecer. 


OBS espiritual: No budismo, um preguiçoso é todo aquele que não faz das práticas espirituais um hábito regular em sua vida, ainda que num mundo materialista como o atual seja considerado até mesmo um compulsivo por trabalho, dinheiro e reconhecimento mundanos.

 

Última atualização: 19/09/2013

Ler mais...

(07/02/2013)

Na hora da morte há um julgamento numa balança. De um lado é colocado o nosso coração e do outro lado da balança uma pena, a pena da verdade pertencente à consorte de Anúbis, a Maat. O julgamento acontece por simples medição do peso cardíaco, a leveza inocente do amor universal. Na imagem Anúbis está agachado, colocando um joelho no chão, ato de humildade e rendição, mantendo desta forma o equilíbrio necessário para ajustar a balança.

Ler mais...

(01/10/2012)
 

A gratidão não tem fim, porque a gente sempre se lembra do que não consegue esquecer pelos mais variados bons motivos.  

A gratidão é geralmente a melhor das despedidas.     

A gratidão não tem hora, porque não existe só por causa de mim e do Sistema Solar.

Profunda gratidão e grande amor aos bons - e adequados - pais, mãe e pai, que na infância e na maturidade Deus proporcionou nesta vida. Queridos mamãe e papai do coração. Querido e amado irmão. Deus sempre sabe o que é melhor para nos bem receber. A família é o berço da civilização, da humanidade, do comportamento e dos seres em evolução. 

Leia mais...

(24/09/2012)

 

Ótica - O prisma nas gotículas de água do mar, um material transparente, ou seja, cada gota borrifada no ar, decompondo a luz solar nas várias frequências visíveis, que resultam nas cores do vermelho ao violeta. O detalhamento da luz branca em sete cores.

Considero a luz branca interceptada por uma gota de água uma boa representação do signo de Peixes, a unidade oceânica; enquanto a refração da luz pelo prisma da toa, a sua divisão em diversas frequências vibratórias, o signo de Virgem, na mandala astrológica de 360 graus sendo oposto e complementar ao signo de Peixes.

A escala musical na arrebentação - as sete notas musicais, incluindo os bemóis e sustenidos. A correspondência entre sons, notas musicais, e luz visível.

Leia mais...

 

 

(29/08/2012)
 

 

Oito ou oitenta? 80 atributos da paz.  Não havia contado ainda a imersão na paz escrita num único dia.

- Felicidade. Um dos principais benefícios da paz é a felicidade.

- Conquista. A paz é uma das maiores conquistas para um ser humano que deixa a vida animal instintiva e reativa no seu devido lugar, sob controle. Há os que conquistaram a si mesmos, os mestres, e os que buscam conquistar a si mesmos, os aprendizes.  

- Boa vontade. A paz é benquista pelos homens de boa vontade. As mulheres sabem disso. Brincando sério.

Leia mais...

 

(17/08/2012)

 

 

ASTROLOGIA

Já olhamos tantas coisas que nunca vimos na verdade. 

Qual a fonte do amor universal? Qual o destino do amor universal?  

Já havia visto um céu rosa, mas não tão rosa como naquele pôr do sol no parque Tanguá em Curitiba, agosto de 2012, entre 17:45 e 18:20. A hora da Ave Maria. Em torno da hora mítica, quando cantam louvores a Nossa Senhora e “Ela atravessa o céu com Sua aura infinita cor de rosa”, o amor universal, provavelmente abençoando a humanidade e inspirando as consciências. 

Leia mais... 

(13/08/2012)
 

Carta O Livro

O Baralho Petit Lenormand foi elaborado por Marie-Anne Adélaïde Lenormand, na França, em torno do ano 1800. Essa foi a origem das cartas popularmente chamadas de Baralho Cigano. Geraldo Spacassassi, autor do livro Baralho Petit Lenormand, diz que tanto o material escrito como os baralhos criados desapareceram temporariamente após a morte de Mlle. Lenormand, no dia 25 de junho de 1843.  

Atualmente alguns baralhos ciganos populares não apresentam naipes ou figuras da Corte. Tal ausência e deturpação original simplificam excessivamente e descaracterizam as informações necessárias contidas em cada carta. 

Leia mais...


Om Gang Ganpataye Namah - Ganesha Mantra

 

  

Tocando em Frente - Paula Fernandes e Leonardo

é preciso amor pra poder pulsar

é preciso paz pra poder sorrir

é preciso a chuva para florir...

LINKS


                                    

FaceBook  

 

 Última atualização do website: setembro de 2015.

                                                   

      Atualização no em setembro de 2015:

www.facebook.com.br/rosana.davilauchoa

 


casa11@planetafuturo.org    

 

 

 

planetafuturo © Copyright 2000